Você está aqui: Home

CURIOSIDADES DOS JOGOS OLÍMPICOS - CERIMÔNIAS

E-mail Imprimir PDF

Pira Olímpica - Londres 2012Os Jogos Olímpicos ficam marcados não apenas pelos feitos históricos no âmbito esportivo, onde os atletas buscam a superação a cada competição e recorde batido, mas também através do simbolismo proposto por detrás de cada detalhe e cada elemento. Um ótimo exemplo dessa expressão através dos símbolos são as cerimônias de abertura e encerramento de cada edição dos Jogos. As cerimônias têm evoluído ao longo dos séculos com melhorias na tecnologia e no desejo das nações de acolhimento para mostrar sua própria expressão artística, mas os eventos básicos de cada cerimônia tem permanecido inalterados. É tradição, por exemplo, que a Grécia seja a primeira delegação a desfilar na abertura, honrando assim as origens dos Jogos Olímpicos. Em seguida, as delegações entram no Estádio Olímpico em ordem alfabética de acordo com o idioma escolhido do país-sede, e, encerrando o desfile, entram os "atletas da casa".

Muitas dessas cerimônias ficarão marcadas para sempre, seja pela beleza, pela grandiosidade e arte, mas também por algumas farsas e inúmeras gafes cometidas. Vamos relembrar alguns momentos marcantes e curiosos das cerimônias dos Jogos Olímpicos:

O ARQUEIRO ESPANHOL

Antonio Rebollo - Barcelona 1992Foi uma linda cena. E embaraçosa também. Na cerimônia de abertura das Olímpiadas de Barcelona, em 1992, o arqueiro espanhol Antonio Rebollo atirou do meio do gramado do Estádio Olímpico uma flecha incandescente com a chama olímpica, acendendo a pira olímpica no alto do estádio.

Mais tarde descobriu-se através da filmagem de um cinegrafista amador, que a pira acendeu-se automaticamente, pois a flecha passou direto para fora do estádio, enganando milhões de espectadores em todo o mundo. Há uma versão de que Rebollo fora instruído para atirar mesmo a flecha pra fora do estádio, pois se errasse o alvo e ela batesse na parte externa da pira caindo do lado de dentro, o vexame seria ainda maior.

 


Abertura Pequim 2008FARSA CHINESA

A abertura dos Jogos de 2008 em Pequim ficou marcada pela opulência e grandiosidade. Foi uma das cerimônias mais impressionantes da história. A festa, porém, também teve sua gafe. Uma bela menina chinesa encantou o mundo ao interpretar a música "Ode à Pátria", mas depois foi descoberto que a bonita voz não era dela. A verdadeira cantora era uma garota de 7 anos, Yang Peiyi, escondida do público por não ser considerada bonita o suficiente aos olhos de um integrante do Politburo (Partido Comunista) que assistiu ao último ensaio antes do espetáculo.

 


URSINHO MISHA

O cachorro Waldi, de Munique, foi o primeiro mascote de Olimpíadas. No entanto, o urso Misha foi o primeiro a ganhar destaque. Misha é o apelido russo do nome Mikhail (em português, Miguel) e o nome pelo qual ficou conhecido o mascote dos Jogos Olímpicos de 1980, em Moscou. O uso do ursinho nas cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos, transmitidas pela televisão, emocionou o mundo: Misha aparecia em movimentos produzidos por um enorme mosaico de coreógrafos carregando placas coloridas, que eram levantadas e abaixadas segundo um movimento perfeitamente sincronizado pelas pessoas nas arquibancadas do estádio.

Um momento especificamente marcante ocorreu durante a cerimônia de encerramento, quando uma coreografia simulou a queda de uma lágrima do olho do ursinho, fazendo Misha chorar. Misha foi a primeira mascote de um evento desportivo que alcançou êxito comercial a nível mundial.

 

CORÉIAS UNIDAS

Delegações Coréia Norte e Sul - Sidney 2000Divididas desde 1945, as Coréias do Norte e do Sul guerrearam por três anos na década seguinte. Desde então separadas por guerras e rivalidades políticas, a relação entre os países vizinhos é rodeada de acusações e desavenças. Porém, a festa de abertura dos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000, contou com um momento histórico. As delegações das Coreias do Sul e do Norte se uniram em prol do esporte e desfilaram juntas, sob a mesma bandeira.

Infelizmente, por falta de acordo, a cena não se repetiu nos eventos esportivos seguintes: as Olimpiadas de Atenas (2004), Pequim (2008) e Londres (2012), e nas Olimpíadas de Inverno de Turim (2006) e Vancouver (2010)

 

Comentários  

 
0 #1 Marcela 2012-08-01 21:53
Coitadinha da menininha feia q doooooooooooo
Cita
 

Adicionar Comentário


Código de Segurança
Atualizar